Revista UAU!

Pedido de prisão contra Bonner por defender vacina é negado

A ação pedia a prisão de William Bonner por ele defender a vacinação contra Covid-19

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Pedido de prisão contra Bonner por defender vacina é negado
fonte: Reprodução/TV Globo

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios tomou uma decisão e negou o pedido de prisão contra o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner. A sentença foi divulgada neste domingo (16). 

continua após publicidade

O pedido de prisão foi feito por Wilson Issao Koressawa que acusava o jornalista de "participar de uma suposta organização criminosa, composta por outros profissionais da emissora, para falar sobre os impactos positivos da vacina no combate à pandemia". Ou seja, Wilson queria a prisão do jornalista por incentivar a vacinação contra a Covid-19. 

De acordo com a jornalista Monica Bergamo, da Folha, a juíza que estava à frente da ação, Gláucia Falsarella Pereira Foley, classificou o caso como "descabido". Na decisão, ela ainda compara a ação movida como uma "panfletagem política ao reproduzir teorias conspiratórias sem qualquer lastro científico e jurídico".

continua após publicidade

"O poder Judiciário não pode afagar delírios negacionistas, reproduzidos pela conivência ativa —quando não incendiados— por parte das instituições, sejam elas públicas ou não", disse a juíza em sua decisão.

Reação de Bonner

Ainda na neste domingo, o apresentador publicou uma foto no Instagram em preto e branco, com uma expressão de espanto. Os olhos arregalados de Bonner gerou um deboche a respeito da notícia do pedido de prisão contra ele. 

continua após publicidade

Na postagem da selfie, legendada apenas com a data deste domingo, centenas de seguidores deixaram mensagens de apoio ao jornalista da Globo, que desde o início da pandemia defende na TV os protocolos de prevenção, os cientistas e a vacinação.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por realwbonner (@realwbonner)

“Essa seria a sua foto da prisão, tio? Kkkkkkkk”, ironizou um usuário. “Que bom que não vai ser preso por incentivar a vacina! Que país é esse?”, postou um admirador. “Absolvido, tio Bonner”, debochou outro internauta.

Com informações da Contigo! e Terra.