Paraná

Delegado da PF se envolve em confusão e mata homem

Um delegado da Polícia Federal (PF) de Cascavel, no oeste do Paraná, de envolveu em uma confusão durante uma festa em Guaíra

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Delegado da PF se envolve em confusão e mata homem
fonte: Pixabay- ilustração

Um delegado da Polícia Federal (PF) de Cascavel, no oeste do Paraná, de envolveu em uma confusão durante uma festa em Guaíra, na mesma região do estado, conforme a Polícia Militar (PM).

continua após publicidade

Na confusão registrada no domingo (8) ele atirou contra um homem que foi atingido por três tiros e encaminhado em estado gravíssimo ao hospital, conforme a PM. Horas depois ele morreu, conforme hospital.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO) da PM, uma equipe foi acionada para se dirigir a uma chácara para prestar apoio ao SAMU, no atendimento a uma vítima de disparo de arma de fogo.

continua após publicidade

Chegando no local, os policiais foram recebidos por seguranças do evento, que informaram que uma pessoa, após uma discussão, atirou contra um homem. A vítima foi levada por populares a uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e o suspeito de atirar nele, foi para a Delegacia de Polícia Civil.

A equipe policial foi para a UPA onde constatou que havia duas vítimas de disparo de arma de fogo no local. Um homem lesionado na região torácica em estado gravíssimo, e outro lesionado na região do abdômen lado esquerdo.

Em seguida, os policiais foram à Delegacia de Policia Civil, onde o delegado da PF já havia se apresentado e entregado a arma dele.

continua após publicidade

O que disse o delegado

À polícia, ele relatou que estava na chácara e viu uma discussão entre algumas pessoas. Ao se deslocar para a área externa, foi informado que uma pessoa estaria armada na entrada do evento.

Ele disse aos policiais que neste momento foi em direção ao homem e que se apresentou como policial. A vítima teria apontado uma arma na direção dele, momento em que ele efetuou os disparos para se defender.

continua após publicidade

A Polícia Civil investiga o caso, mas não passou outros detalhes do caso.

Com informações,G1

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News