Mundo

Coreia do Norte proíbe demonstrações de felicidade; entenda

Norte-coreanos também não poderão ingerir bebida alcoólica ou praticar atividades de lazer

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Coreia do Norte proíbe demonstrações de felicidade; entenda
fonte: Reprodução

A Coreia do Norte teria proibido que cidadãos demonstrem sinais de felicidade por 11 dias, contados a partir da última sexta-feira (17), segundo informações publicadas pela Radio Free Asia, financiada pelo governo dos Estados Unidos.

continua após publicidade

A determinação seria em razão do período do 10º aniversário de morte de Kim Jong-il, pai de Kim Jong-un. Ele comandou o país de 1994 até 2011.

Por 11 dias, os norte-coreanos não poderão sorrir ou dar risadas, ingerir bebida alcoólica ou praticar atividades de lazer. Na sexta (17), data exata que o Jong-il morreu, a população não pôde fazer compras.

continua após publicidade

O pai do atual líder da Coreia do Norte teria falecido depois um infarto a bordo de seu trem particular, na manhã de 17 de dezembro de 2011. O cortejo e o funeral foram realizados em Pyongyang, 11 dias mais tarde, com o atual líder, Kim Jong-un, ao lado do carro funerário.

Informações do site Poder 360

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News