Apucarana

Casas do “Fariz Gebrim” serão sorteadas no domingo

Os trabalhos iniciam às 8 horas e não têm prazo para finalizar

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Com transmissão simultânea pelo seu portal oficial na internet, a Prefeitura de Apucarana promove neste domingo (22/05), a partir das 8 horas, no ginásio do Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão), o sorteio das 520 unidades habitacionais do Residencial Fariz Gebrim. Ao todo, 2.219 famílias estão habilitadas pela Caixa Econômica Federal (CEF) a concorrer a uma unidade do conjunto de moradias populares que integra o antigo Programa Minha Casa, Minha Vida, política pública de moradias populares do Governo Federal que hoje recebe o nome de “Casa Verde e Amarela”.

continua após publicidade

Ao confirmar o sorteio para este final de semana, o prefeito Júnior da Femac pontuou que apesar de ter transmissão ao vivo pelo Facebook da prefeitura de Apucarana, todo o processo poderá ser acompanhado presencialmente pela população. “A casa própria é o sonho de toda família. A conquista de um lar é algo sagrado e quero que todos saibam e constatem com os próprios olhos que tudo está sendo conduzido e vai permanecer sendo feito com total transparência e legalidade”, disse.

Além de auditoria da CEF, o sorteio terá a presença de representantes convidados do Judiciário e Ministério Público, de conselhos municipais da Habitação, da Assistência Social, dos Direitos da Pessoa Idosa, dos Direitos da Pessoa com Deficiência, bem como servidores de órgãos públicos como Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar). “Tanto quem acompanhar pela internet, quanto presencialmente, vai poder também auditar todos os passos, que serão realizados com total transparência”, reforçou Ivanildo da Silva, secretário Municipal de Assuntos Estratégicos.

continua após publicidade

Os trabalhos iniciam às 8 horas e não têm prazo para finalizar. “Antecipamos, principalmente a quem se propuser a estar presente nas arquibancadas do ginásio do Lagoão, que temos a previsão de que os trabalhos se estendam além do meio-dia, podendo até mesmo ocupar grande parte da tarde de domingo”, esclareceu Silva.

Com relação à sistemática do sorteio, o diretor municipal de Habitação, Juliano Dalla Costa, explica que o locutor irá ler, de forma individual, o nome de todos os habilitados. “À medida que a leitura do nome for concluída, o papel será mostrado em vídeo e inserido na urna de forma visível e transparente”, diz.

Antes do nome contemplado, haverá a definição, também mediante sorteio, de qual unidade a família irá habitar (quadra e lote). “Seguindo as regras do programa, a dinâmica prevê que os primeiros contemplados sejam dos grupos prioritários, sendo 16 casas para pessoas com deficiência e mais 16 casas para pessoas idosas. Posteriormente, terá início o sorteio das 488 unidades restantes para os demais grupos”, diz Dalla Costa.

continua após publicidade

Pós-sorteio – As 520 famílias contempladas serão atendidas a partir da segunda-feira (23/05), no Centro Social Urbano, para recebimento de documentos visando posterior confecção dos contratos. “Esta etapa, mais uma vez, cumpre as regras do programa e exigências da Caixa Econômica Federal (CEF), que é o agente financeiro do empreendimento”, pontua Ivanildo da Silva, secretário Municipal de Assuntos Estratégicos. Segundo ele, os contemplados deverão apresentar documentos pessoais de todos os membros da família (RG e CPF), certidões de nascimento e estado civil, carteira de trabalho, título de eleitor e comprovante de endereço.

Histórico – Com 520 unidades, o Residencial Fariz Gebrim tinha previsão de entrega em 2017, mas devido a diversos entraves acabou atrasando. Inicialmente, a construção das casas e as obras de infraestrutura urbana estavam a cargo da Construtora Cantareira, de Maringá, que passou por dificuldades financeiras. Depois, com anuência da Caixa Econômica Federal, foi licitada e contratada outra empreiteira. E, por último, foi necessária a execução das obras do sistema de saneamento básico. A obra foi executada em parceria firmada pela prefeitura e a Sanepar, somando investimentos de R$1,4 milhão. Além de toda infraestrutura urbana, o novo bairro conta com unidade básica de saúde (UBS), escola e centro municipal infantil.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News