Apucarana

Abrem as inscrições da hidroginástica no Centro da Juventude

Das 8 horas até o meio dia mais de 300 pessoas já haviam feito as suas inscrições

Da Redação ·

Foram abertas nesta segunda-feira (17), no Centro da Juventude Alex Mazaron, no Jardim Diamantina, em Apucarana, as inscrições das aulas de hidroginástica que vão funcionar naquela praça esportiva a partir do dia 15 de fevereiro. Das 8 horas até o meio dia mais de 300 pessoas já haviam feito as suas inscrições.

continua após publicidade

O prefeito Junior da Femac esteve pela manhã acompanhando as inscrições. “Muito feliz por ver tantas pessoas entre homens e mulheres fazendo as suas inscrições nessa retomada da hidroginástica. A procura foi muito grande e pela primeira vez a piscina térmica do Centro da Juventude será utilizada pela população apucaranense”, destaca o prefeito Junior da Femac. 

O professor José Marcelino da Silva, o Grillo, secretário municipal de Esportes da Prefeitura de Apucarana, reforça que a inscrição da hidroginástica prossegue nesta terça-feira (18) no mesmo local das 8 às 18 horas. “Já para as aulas no Complexo Esportivo Lagoão, as inscrições serão realizadas nos dias 19, 20 e 21 de janeiro na quadra do ginásio, também entre 8 horas e 18 horas”, disse o professor Grillo. 

continua após publicidade

De acordo com ele, as atividades são destinadas as pessoas a partir de 16 anos desde que estejam com o esquema vacinal completo, ou seja, tenham recebido a segunda dose da Coronavac, Pfizer e AstraZenica, ou a dose única da Janssen. “As aulas ocorrerão em diversos horários as terças, quartas, quintas e sextas-feiras e fazem parte do programa Viver+80, desenvolvido para que os idosos tenham qualidade de vida cada vez melhor.

A dona de casa, Camila Estevão, de 27 anos, disse que pela primeira vez fará aula de hidroginástica. “Sinto muitas dores na coluna e fazendo essas aulas espero melhorar a minha saúde”, frisa Camila, que reside no Bairro Mega Park. 

Também fazendo a sua estreia nas aulas de hidroginástica, o aposentado José Carlos de Assis, de 53 anos, vive a expectativa de começar a atividade no Centro da Juventude. “Pensando na saúde e no bem estar não vejo à hora de iniciar a atividade”, comenta Assis, morador do Jardim Ponta Grossa.